cadeira.jpg

Sentadas, deitadas, em repouso ou em agitação… 

Palavras confortáveis sem medidas nem ilusões… Vocalizadas libertando a alma, mas apertando o coração até ao momento de percepção e aceitação total da constatação .