dscn5861.jpg

…no entanto, o poeta entende aquelas dores.
e as mudas solidões, os largos corredores,
as boas castelãs, as góticas janelas,
abertas toda a noute, a olhar para as estrelas…
Só ele sabe os ais e os gemidos das portas,
e inveja, às vezes, ser o pó das cousas mortas!

 Gomes Leal