O nosso sempre amigo Fisco, vem desta vez exigir dos recém casados a informação ao abrigo do dever de colaboração com a administração fiscal ,  todas as informações possiveis sobre quanto foi gasto na festa ( daqui podem logo perceber se houve ostentação de riqueza ou não), que roupa vestiram ( devem querer saber se a noiva ia de ligas ou não), as flores, as quintas, serviço de catering, limusine, tudo o que seja possivel … e se alguma coisa tiver sido oferecida pelo menos tem de dizer por quem, mas convém saber quanto custou onde foi comprado e o quê, caso não o façam correm o risco de ver instaurado um processo de contra-ordenação fiscal punível com uma coima que varia entre os 100 e os 2500 euros.
Ora, não é nada do meu tempo…

mas algo me diz que este belo rectangulo já passou por algo semelhante…

Não me recordo ao certo, nem encontrei registo do mesmo, mas estudei na escola que todos estavam obrigados perante o dever de colaboração ( informação) sobre todos os que se opunham ao regime (salazarista).

Ó meus amigos… não acham que voçês é que tem de fazer os trabalhos de casa? Agora somos nós que temos de ser Chibos porque não sabem fazer o que vos compete?

Então e se vos disser que a bebedeira foi tão grande que nem sei se me casei em Lisboa, Coimbra ou no Porto?

Acham normal ir perguntar aos meus Padrinhos quanto lhes custou a viagem de nupcias? Ou quanto custou o Vestido de Noiva? querem saber a cor das cuecas que tinha vestido? Se havia mais algum evento a decorrer no mesmo espaço?Quantas pessoas lá estavam? Quanto paguei por cada um?

Sei lá… Mas vi lá algumas pessoas que não conhecia… não sei bem se eram empregados de mesa, convidados ou se auto-convidaram.

Começaram por nos pedir a informação sobre espaços onde se fume sem condições adequadas.

Agora pedem para denunciar aquilo que não conseguem provar?

A seguir vão fazer o quê? Exigir que guarde a factura de todos os cafés que tomei durante o mês e onde?

Procurem voçês…trabalhem voçês…

Irra que não há paciencia…

Pensem nas grandes superficies…

Actualmente e na maior parte dos supermercados para se pedir uma factura das compras que fazemos somos OBRIGADOS a ter (ou saber) o nosso numero de contribuinte, será que não são esses os que mais vos fogem entre os dedos? ou esses não vos interessam?

Procurem no lugar certo e vão encontrar os Milhões que vos estão a faltar este ano… mas não nos envolvam a nós…

Como é que é possivel que continuem a por o nosso dinheiro em Off-shores (pelo menos é o que se diz por aí), nos condenem pelo mesmo e ainda nos peçam para sermos Bufos.

A guerra é vossa…não é nossa…