Foi interessante assistir á maciça deslocação em peso de grande parte dos veículos a circularem por esse país fora para atestarem os depósitos de combustível a todo o custo.
Lindas foram as bichas (sim, quero voltar a usar o termo bichas em vez das “filas” brasileiras, em homenagem ao acordo ortográfico) que se avistavam em todos os pontos de abastecimento, tempo interminável para encher depósitos quando habitualmente não mais do que 20 Euritos chegam para os passeios de alguns 15 dias. Mas não desesperem, em principio os combustíveis não vão baixar e assim já tem para 2 ou 3 meses.
Tudo isto motivado pelo bloqueio do inicio da semana, olhando friamente para o sucedido toda esta azáfama foi criada pelas próprias gasolineiras, como forma de criar uma necessidade ( inexistente) nos Portugueses para abastecerem os seu veículos com os preços de mercado sem problema nenhum quanto ao preço mas ficando satisfeitos e orgulhosos por poderem circular sem ficarem encostados na berma da estrada.
Quinta-feira, noite de Santo António, não vivo na província, vivo no Estoril, sou do tempo de ir comer sardinhas assadas á verbena e depois ir saltar á fogueira, ver as meninas a porem alhos porros lá dentro enquanto nós queríamos a chama mais alta para a transpor… alguém se sabe dizer onde foi essa tradição parar?
A pouco e pouco perdemos as tradições que nos alegravam enquanto miúdos, carnaval sem bombinhas, Santo António sem fogueiras é como o natal sem arvore, presépio ou prendas.
Nunca pensei que viesse a escrever sobre futebol neste meu blog, mas aqui vai…
Em tempo de Euro, presenciamos mais uma surpresa do nosso treinador, não o critico por assinar pelo Chelsea, poucas são as coisas que critico o Filipão, quem de nós seria capaz de negar um contrato de milhões?
Mas pedir aos jogadores que não falem do seu futuro durante o Euro e autorizar que o clube para o qual vai treinar comunique a sua contratação no decorrer do Euro, seja após antes ou durante a fase de grupos, acho que está mal…muito mal…moralmente é incorrecto…
O Jornais, os comentadores e os próprios jogadores dizem que a situação “não deve ter” ou “em principio não tem” influencia nenhuma no psicológico da equipe, mas desculpem lá, “se calhar não tem” para mim já deixa no ar a hipótese de ter, e nesse caso as previsões deixam de ser boas e passam a ser meros… se não tivesse dito , se não se falasse tanto, se falassem mais, se tivessem confiança uns nos outros… se…se…se… são se’s em demasia.
Mas venham lá os Alemães na quinta-feira, estamos prontos para o que der e vier, agora só espero que se perdermos (SE…e este é que é um grande se) não culpem o homem que pelo menos durante 4 anos conseguiu unir este povo em volta da sua selecção.
Por isso FORÇA PORTUGAL – venha lá essa “ VONTADE DE VENCER”
3-1 é o resultado que espero de vocês.